O Método Feldenkrais | Um workshop com Claudia Mader (Áustria / Alemanha)

Os melhores momentos da vida são aqueles em que tudo parece encaixar. Cada pormenor de consciência, poder, balanço, tempo, ritmo, emoção, pensamento, sentimento, sensação, surgem nas proporções certas e a acção que realizamos parece simples, efectiva e atractiva para nós mesmos e para as pessoas que nos observam.

Data | 18 a 22 de Junho
Horário | 10h00 – 12h00
Local | sala de ensaios do TeCA (Teatro Carlos Alberto) _ R. das Oliveiras, 43 Porto
Inscrição | 95€
Associados NEC, alunos e professores da FBAUP, inscritos nas aulas de tai chi e consciência corporal no NEC | 70€
Lotação limitada a 10 participantes

Data limite de inscrições | 13 de Junho

Desconto de 10% (85,5€/63€) para inscrições até dia 08 de Junho

Produção | NEC – Núcleo de Experimentação Coreográfica
nec@nec.co.pt
91 3211426 | 96 1424668
www.nec.co.pt

Colaboração| TNSJ

O Método Feldenkrais cria as circunstâncias onde podemos aprender a diferenciar acções e comportamentos efectivos e úteis daqueles hábitos em que nos desgastamos. Praticar Feldenkrais significa fazer pouco e perccepcionar muito. Através de movimentos pequenos e que não exigem esforço estimulamos a capacidade de aprender e de expandir a nossa auto – imagem, desenvolvemos uma exploração que optimiza os movimentos a partir de ajustamentos mínimos. A aprendizagem em movimento é lúdica e prazerosa ao mesmo tempo que segue um fio condutor que garante precisão e eficiência. Sequências de movimento não habituais – que começam frequentemente deitados ou sentados – permitem ter novas visões dos nossos hábitos, abrindo por isso, alternativas. A nossa imagem corporal fica mais diferenciada, o que reforça a possibilidade do nosso esqueleto se transportar melhor e a musculatura torna-se livre de tensões desnecessárias. A exploração de movimento nestas sessões é desenhada para fomentar uma sensação de bem estar geral. Adicionalmente, podemos atingir um novo sentido de calma e vitalidade.

“O objectivo é um corpo que está organizado para se mover com o mínimo esforço e o máximo de eficiência, não através de força muscular mas através de uma maior consciência de como funciona.” (Moshe Feldenkrais)

O fundador do Método, Dr. Moshe Feldenkrais (1904-1984) foi um físico, engenheiro. O seu interesse nas artes marciais, assim como uma lesão pessoal no joelho, forneceram a base que o levaram, ao longo da sua vida, ao estudo em torno da estrutura e função da humanidade e a relação entre desenvolvimento humano, educação e movimento.

Feldenkrais é para toda a gente que está interessada em desenvolver as suas potencialidades, abrindo o seu leque de acção; que se preocupa com o seu bem estar e desenvolvimento pessoal. Praticar Feldenkrais significa sentir mais facilidade, mais leveza, mais estabilidade e ao mesmo tempo, mais mobilidade, mais clareza no cérebro e maior poder no corpo, sentir-se mais alegre e gracioso na sua interacção consigo próprio e com o mundo.

Os participantes no workshop podem ainda solicitar aulas individuais chamadas Integração Funcional.
A Integração Funcional é uma forma de comunicação cinestésica e táctil através do toque. Relaciona-se com um desejo, intenção ou necessidade do estudante. O professor de Feldenkrais explica ao estudante como é que pode organizar o seu corpo, através de toques e movimentos suaves, como se pode mover através de padrões motores mais expansivos e funcionais. O professor transmite a experiência de conforto, prazer e facilidade de movimento enquanto o estudante aprende como organizar o seu corpo e comportamento de forma nova e efectiva.
(Preço reduzido para os participantes no workshop de 35,00 Euros/sessão)

 

CLAUDIA MADER

Nasceu em 1964 em Munique, Alemanha e actualmente desenvolve a sua actividade entre Viena e o Porto.

É Educadora Somática e Professora Certificada de Feldenkrais. Fez o curso de Feldenkrais em Colima, México, no departamento de Medicina e formou-se em Março de 2002. Desde 2000 tem vindo a lecionar em instituições de formação para actores, bem como em Taijiguan e Qigong, na Shambhala Society, em Viena e é desde 2002 formadora no ImPulsTanz. Desenvolve também prática privada e trabalha com grupos de dança e teatro. Lecciona aulas individuais enquanto formadora avançada no International Feldenkrais Training Viena 5 e 6.

Enquanto actriz e performer, Claudia Mader trabalha desde 1985 na área do teatro e artes performativas. A sua actividade baseia-se no movimento e improvisação, tirando partindo também da voz e linguagem. Pratica artes marciais e dança e desenvolve o seu próprio estilo de prática, improvisação e criação. Encontra-se a colaborar com várias companhias e directores artísticos na Áustria e no México, enquanto coacher de movimento e assistente artística, ao mesmo tempo que desenvolve as suas performances a solo. Orienta workshops sobre improvisação no processo de criação artística, integrando também a sua experiência com o Método Feldenkrais.
http://estudiofeldenkrais.blogspot.com