Aulas de Consciência Corporal com Claire Binyon

As aulas de consciência corporal propõem uma série de exercícios com movimentos simples, essencialmente de chão, onde iremos explorar formas de nos movimentarmos melhor.

Como? Sem grande esforço, descobrindo o nosso potencial e as escolhas que se abrem através do pensamento sensitivo.

Porquê? Para aumentar a confiança e melhorar a qualidade de vida de cada um.

Datas e horários
5ªs feiras, 12h30 às 13h30
Início do 1º módulo | 19 de Abril
Início do 2º módulo |  7 de Junho
Local | NEC

Preços
Módulo de 6 aulas (1 / semana) | 20€
Associados NEC, alunos e docentes FBAUP | 16€

Módulo de 12 aulas (1 / semana) | 30€
Associados NEC, alunos e docentes FBAUP | 24€

Aulas individuais | 5€


1ª aula gratuita!

CLAIRE BINYON
Depois de concluir a sua primeira licenciatura na Universidade de Warwick, em Inglaterra, no início dos anos 80, trabalhou durante algum tempo no Community Theatre e no Physical Theatre no norte de Inglaterra. Dedicou-se, posteriormente, a Estudos Teatrais na Universidade de Leeds, onde se formou em Direcção e Práticas Teatrais.
No início dos anos 90 estudou movimento em Paris com Monika Pagneux e, consequentemente, foi convidada para leccionar um workshop de teatro físico e criar uma performance de curta duração no Porto, em 1994. Depois desta experiência, foi convidada a colaborar no desenvolvimento de um projecto inovador, que daria origem à Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto (ESMAE).
Ao longo dos últimos 17 anos tem sido professora na ESMAE, onde foi Directora de Departamento durante 10 anos. Tem trabalhado com a equipa responsável pelo currículo do Curso de Teatro, em particular no desenvolvimento do programa de Movimento e ensina Movimento para Actores na Licenciatura em Interpretação. É também coordenadora do Mestrado em Encenação e Interpretação e encontra-se a desenvolver uma nova pós-graduação em Teatro e Comunidade.
Nos últimos anos voltou à sua paixão original – a concepção e criação de trabalho performativo colectivo. Como parte da sua pesquisa e desenvolvimento, está actualmente inscrita na prática profissional do Método de Feldenkrais em Sussex, Inglaterra. A sua principal área de investigação prende-se com o campo da Somática e Criatividade.
Este ano irá dirigir um projecto para o FITEI – Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica intitulado Erasmus Symphony, que explora a musicalidade e todas as suas manifestações.